Arcano Três de Paus

Depois de enfrentar um período de dúvidas ou incertezas, o momento é de avançar. Definida a direção a seguir, o que falta é “colocar a mão na massa”!

O Três de Paus é a promessa de sucesso, de reconhecimento, de algo que é conquistado por mérito. Como outros arcanos Três (para entender melhor a simbologia do três, clique aqui e será direcionado ao artigo), essa carta mostra que é preciso colher o fruto.

O naipe de Paus é ligado ao elemento fogo, o que confere um sentido de urgência. É preciso prontidão para colher o fruto antes que ele apodreça na árvore.

Imagine o projeto de abertura de uma empresa inovadora, com um produto maravilhoso que conta com vários estudos positivos de mercado e que promete ser um verdadeiro estouro de vendas?Imagine agora que o idealizador conseguiu atrair as pessoas certas para investir e conseguiu a mão de obra adequada para fabricar este produto, mas, apesar de contar com todos os recursos necessários e saber como divulgar, ele demora para iniciar a produção e o lançamento. A falta de prontidão pode acarretar que o produto, antes inédito, deixe de ser inovador porque alguém, com mais iniciativa, começou a comercializá-lo antes.

O Três de Paus é um alerta para não deixar para amanhã o que se pode fazer hoje. É preciso malhar o aço enquanto está quente. Respeitar o sentido de urgência que a situação impõe. Do contrário, pode-se arriscar perder uma boa oportunidade!

É a carta da iniciativa, que pede ação imediata.

No âmbito dos relacionamentos, é uma carta de conquista. Mas, no aspecto negativo, a diferença entre o Três de Paus e o Três de Copas é sutil. De um lado, existe um relacionamento onde um dos parceiros quer ser reconhecido como ‘namorado(a)’, ‘marido’, ‘esposa’, etc. e o outro reluta assumir compromisso (por medo, por não se sentir envolvido o suficiente). Do outro, existe uma relação onde um dos parceiros tem um ideal de relacionamento ou conceitos sobre o que é o amor, o que é realização, e espera que o outro corresponda.

O Três de Paus é uma carta de avanço, mas, também de aceitação.

Sabe o que significa aceitação? Aceitar a ação! Algumas vezes, por perfeccionismo, não conseguimos aceitar quem somos nem a realidade, fruto de nossas escolhas e decisões.

É preciso aceitar que tudo o que somos é o melhor que podemos ser e buscar superar as próprias limitações sem culpa, sem julgamentos.

Quantos projetos morreram na prancheta por que “faltava alguma coisa” que não se sabe o quê para ser “perfeito”?

O relacionamento perfeito, o parceiro perfeito, o emprego perfeito, o “eu” perfeito… Nada disse existe na dimensão em que vivemos. O que existe é o melhor que podemos ser. O melhor que podemos realizar com tudo o que somos…

Para que suas metas não morram na praia, ouse agir! Nós só temos o agora.

Para finalizar, eu altamente recomendo a leitura do artigo em que falo sobre a simbologia do Três no Tarot a fim de complementar as ideias ora expostas. Clique aqui para ser direcionado à página!

 

Gostou? Deixe o seu comentário!

Mais sobre Tarot?! Siga nossa página no Facebook e fique por dentro das novidades!

 


ATENÇÃO: Para consultas de tarot e outros serviços, peço, por gentileza:

Clicar na página de serviços e na imagem relativa ao tipo de consulta desejado. Todas as informações sobre valores estão na página devidamente atualizados.

Para agendamentos e informações sobre pagamento, enviar e-mail pela página de contato ou através de mensagem inbox via Facebook.

 

 

Share This:

Arcanos Menores: Os Arcanos Três

O Três representa o ‘fruto’ ou resultado do que foi cultivado.

No naipe de Paus, ele é a ação ou impulso de realizar.

No naipe de Copas, ele é o encontro de dois corações. De duas intenções de amar e de ser amado.

No naipe de Espadas, ele é a decisão que emerge de um conflito interno.

No naipe de Ouros, ele é o acordo entre duas vontades. O contrato.

Cada arcano Três decorre de uma situação representada por um arcano Dois.

(Atenção: Caso ainda não tenha lido o artigo sobre os arcanos Dois recomendo que faça agora! Isso será importante a compreensão das ideias aqui expostas! Clique aqui para ser direcionado ao artigo).

No caso do naipe de Paus, é tomar uma ação imediata depois de decidir qual caminho deve seguir. Imagine um estudante que passou no vestibular para medicina e fisioterapia e está em dúvida sobre qual curso deve se matricular. Depois de muito pensar, ele chega a conclusão que medicina é o melhor curso para ele, porém, para que possa frequentar as aulas é imprescindível que faça a matrícula a tempo, do contrário pode perder essa oportunidade.

O sentido de urgência indicado no exemplo expressa uma situação Três de Paus: você precisa tomar uma atitude imediatamente, do contrário, os esforços empreendidos até que a sonhada oportunidade surgisse podem ser perdidos (Quer saber mais sobre o arcano Três de Paus? Clique aqui para ser direcionado ao artigo!)

O Três de Copas são os encontros, o relacionamento amoroso. Em alguns casos, quando cercado de cartas do naipe de ouros ou acompanhando a Imperatriz, pode indicar uma gravidez. É o arcano da celebração, dos encontros felizes, do encanto.

Imagine duas pessoas que se conheceram recentemente e estão vivenciado o encantamento do primeiro encontro, descobrindo afinidades e apreciando as qualidades um do outro. Essa é uma situação Três de Copas: aquela sensação de que “deu match”! Aquele desejo de viver o bom do amor.

Embora seja uma carta muito celebrada por quem está em busca da realização no âmbito do amor ou deseja filhos, vale lembrar que no Tarot todas as cartas possuem dupla polaridade. Portanto, o Três de Copas tem seu “lado sombra”, que pode ser compreendido como uma expectativa de amar que não encontra correspondência no outro.

Eventualmente, um dos parceiros imagina tardes coloridas e uma vida a dois repleta de acontecimentos felizes, até que percebe que o outro não acompanha esse entusiasmo. Um dos motivos para a versão negativa do Três de Copas se concretizar é o fato de um dos parceiros ser comprometido ou se sentir apaixonado por uma outra pessoa. Neste caso, veja-se que o Três estará apontando para um triângulo amoroso, para existência de um rival.

Existem casos em que o rival não é uma pessoa, mas, o medo (de se apaixonar e sofrer, o medo de assumir compromisso e perder a liberdade, etc) ou algum outro aspecto da vida que rivaliza com a possibilidade de se ter um relacionamento, a exemplo do trabalho, a distância, estrutura familiar, falta de dinheiro, etc.

Com base na experiência de consultório, posso afirmar que essa situação é bastante comum. Apesar de haver correspondência de sentimentos, um dos parceiros acha difícil ou até impossível viver um relacionamento estável e duradouro, seja porque considera a distância algo invencível e que pode “afundar” a relação a longo prazo, ou devido a dedicação ao aspecto profissional.

Três de Ouros é uma carta muito presente em questões que envolvem contratos e sociedades. O Dois de Ouros, muitas vezes, representa um contrato que nada mais é que um acordo de vontades. O Três de Ouros fala sobre as criações dessas vontades conjugadas, que pode ser um contrato no sentido formal, a venda de alguma coisa ou a formação de uma sociedade (conjugal ou empresarial).

No Tarot Rider Waite Smith, o Três de Ouros é representado por uma cena de batismo, cujo simbolismo podemos extrair algumas percepções: 1. Evoca a ideia de filhos, de frutos, incluindo os frutos e as recompensas pelo trabalho; 2. O batismo é um compromisso, um juramento. Não obstante, o Três de Ouros simboliza situações que geram direitos e obrigações para as pessoas; 3. O batismo é um renascimento e, portanto, o Três de Ouros pode indicar uma mudança que implique em se adaptar a uma nova estrutura de vida, como mudanças de domicílio, de ambiente de trabalho, etc.

Três de Ouros no Tarot Rider-Waite-Smith

A presença do Três de Ouros nas análises sobre o sucesso ou insucesso de uma entrevista de emprego costuma apontar para uma contratação. E o mesmo acontece em relação a venda de imóveis. Enquanto o Dois sugere a presença de propostas formalizadas ou não de compra, o Três confirma a realização do negócio. O Três representa a concretização dos objetivos em nível material: o pedido de noivado (Dois de Ouros) que vira casamento (Três de Ouros), a proposta de compra (Dois de Ouros) que é efetivada (Três de Ouros), a entrevista de emprego (Dois de Ouros) que vira contrato de trabalho (Três de Ouros). (Desculpe a repetição! Foi utilizada para melhor elucidar as ideias ora expostas).

Ao meu ver, Três de Espadas é o mais interessante dos quatro arcanos, pois, ele sugere a tomada de uma decisão após ter enfrentado um profundo dilema interno.

Três de Espadas: a sensação que o Sol da vida se apaga

É uma carta pouco desejada por estar ligada a temas pesados, como a traição, a perda, o luto e a doença. O exemplo mais clássico para descrever uma situação Três de Espadas está justamente ligada a infidelidade conjugal. Não é incomum que o parceiro traído desconfie da infidelidade e a dúvida seja algo tão ou mais torturante que a constatação do fato (Dois de Espadas).

Cria-se a ilusão de que, enquanto o fato não é confirmado, ele não é real. Então, a verdade emerge, a dor é inevitável, mas, a vida precisa seguir em frente! Esse é o arcano das desilusões. A carta que desafia a capacidade de superação!

Espero que este estudo seja proveitoso para levar maior clareza sobre as cartas numeradas do grupo dos arcanos menores!

O próximo post será sobre os arcanos Quatro, lembrando que a análise dos Ases será feitos ao final dessa série.


Aproveite e acompanhe a série sobre o naipe de Paus publicada simultaneamente à série de cartas numeradas. Hoje eu publiquei um artigo especial sobre o Três de Paus. Clique aqui e confira!

Share This: